Nós chegamos até aqui, como igreja, por causa da bondade de Deus e seu chamamento para nós. Mas creio também porque temos uma visão saudável onde possibilita o serviço sacerdotal que a nós foi designado (Jo 15:16).

Nossa estrutura de igreja em células é a maneira que achamos ser melhor para desenvolver o serviço. Agora, a mensagem da graça e amor de Deus é a mensagem dos sacerdotes.

Não há salvação por outra mensagem – Deus amou o mundo de tal maneira… Mas a mensagem da graça também é fundamental para a nossa edificação. A questão é: Como manter o ritmo e a alegria por esse serviço sendo que essa missão é por toda a nossa vida?

É preciso entender que antes de pregarmos a mensagem do amor de Deus, nós precisamos ser tomados por ela. O amor é o alicerce a origem de todo o nosso serviço.

Neste ponto precisamos entender que só cumpriremos a missão que Jesus nos deu se amarmos o mundo e aqueles que Ele nos deu. E assim, formaremos Cristo neles! Edificar é formar Cristo nos irmãos, para que sejam sal e luz nessa geração.

Nossa missão é totalmente possível! Antes de falar de alguns recursos que temos para alcançar essa missão, gostaria de ver alguns erros que podemos incorrer.

1. O abandono do primeiro amorAp 2:2-4

Jesus não censurou as obras que a igreja de Éfeso realizava, Ele as elogiou, mas censurou a motivação. Eles deixaram de fazer no fundamento do amor. Qual o perigo de abandonarmos o primeiro amor? Paramos de formar Cristo nas pessoas. Se pararmos de formar Cristo a missão não vai ser cumprida, vamos perder tempo! Onde há discípulos não falta líderes de célula, anfitriões, lideres de núcleo, lideres de células no trabalho, etc. Isso porque ele entendeu: Eu tenho uma missão e eu a amo, vou gerar discípulos onde eu estou e vou ama-los até o fim porque foi o Pai me deu! Discípulos não fazem o que querem, mas o que precisa ser feito!

2. O desinteresse no crescimento espiritual

Crescimento espiritual não é opção, é inevitável, pois são ciclos em nossas vidas. Não tem com ser eternas crianças.

Há situações que você vive que visa seu crescimento, por mais que você ache que é o diabo, não passe desapercebido delas! Crescimento espiritual nada mais é do que conformar-se a Cristo. O problema começa quando os dons são derramados.

Os dons são recursos espirituais na edificação da Igreja. Todavia, se os irmãos estão paralisados na fase da infantilidade, inevitavelmente teremos muitos problemas.

Esse foi o problema da igreja em Corinto. Sacerdotes sem a conformação de Cristo cometem todo tipo de carnalidade.

3. A falta de investimento com a presença de Deus

Paulo disse que nesse processo de conformação com Cristo a presença de Deus é um dos meios (IICoríntios 3:18).

Sendo assim, não pense que é neutro você estar aqui cultuando a Deus.

O culto racional como Paulo descreve em Romanos 12:1 nos leva ao abandono da conformação com este século, renovando nossa mente para aceitarmos e experimentarmos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Conformando-nos a Cristo! A presença de Deus só lhe trás benefício.

Quais os recursos que temos a nossa disposição para o cumprimento desta missão?

Quando olhamos para a igreja em Corinto vemos que Paulo não ignorava a realidade espiritual deles. Mas ele conhecia os recursos de Deus para mudar as circunstâncias.

a. A graça de Deus

Deus não nos trata segundo o nosso merecimento. Mesmo sendo carnais, imorais e divididos, a graça de Deus era suficiente para mudar a situação dos irmãos de Corinto. Se pôde mudar a deles, pode mudar a nossa também.

b. A provisão de Deus

Deus nos tem dado provisões como a fé, sua Palavra, a revelação do espírito, a oração, dons, as promessas, etc. Se usufruirmos dessas provisões, fazendo delas um exercício continuo em nosso crescimento não precisamos temer, por fim a vontade de Deus se concretizará em nosso meio.

c. A fidelidade de Deus

Aquele que começou em nós a boa obra vai completá-la até o dia de Cristo Jesus (Fl 1:6). Ele é fiel. Não precisamos temer coisa alguma, porque a sua obra se realizará em nossas vidas. É um processo, por isso não pare!

Conclusão

Quando o crescimento espiritual é constante em sua vida, você conseguirá conduzir outros nesse caminho. Esse caminho é a missão que Jesus nos deu de gerarmos discípulos!

Por isso Jesus disse: Ide…, mas segundo o tempo verbal seria melhor dizer indo…, ou seja, em todo tempo e em todo o lugar faça discípulos de Jesus.

Isso significa que no contexto que vivemos e na esfera da nossa estrutura devemos assumir a responsabilidade dessa missão. Essa missão é possível sim!